Antena Livre

Fundo apoia candidatura para valorização de património ambiental da Serra da Estrela

A valorização e a qualificação da Rede das Aldeias de Montanha vai ser apoiada pelo Fundo Ambiental, que apoia a candidatura “Valorizar o Património Ambiental da Serra da Estrela e Promover a Transição para a Economia Circular nas Aldeias de Montanha”.

A valorização e a qualificação da Rede das Aldeias de Montanha vai ser apoiada pelo Fundo Ambiental, que apoia a candidatura “Valorizar o Património Ambiental da Serra da Estrela e Promover a Transição para a Economia Circular nas Aldeias de Montanha”.

Segundo José Francisco Rolo, presidente da Associação de Desenvolvimento que gere esta rede de âmbito intermunicipal que 42 aldeias de nove municípios (Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Fundão, Covilhã, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia) que integram ou confinam com o Parque Natural da Serra da Estrela, o apoio – não divulgado – vai «dar projeção à Rede das Aldeias de Montanha, associadas à proteção do património natural, dos genuínos valores das vivências da montanha e do turismo de natureza». Esta foi uma das 28 candidaturas aprovadas no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA) através do aviso “Apoiar uma nova cultura ambiental” a que o Fundo Ambiental, instrumento de financiamento de políticas do Ministério do Ambiente, afetou uma dotação de 1,5 milhões de euros. De acordo com a tutela, os 28 projetos vencedores destinam-se a contribuir para uma cidadania ativa no domínio do desenvolvimento sustentável, projetando a construção de uma sociedade de baixo carbono, racional e eficiente na utilização dos seus recursos.

Mais Lidas

Mais lidas