Antena Livre

Município de Seia planta 3 mil árvores em área ardida em outubro de 2017

Segundo a autarquia Senense, a ação de reflorestação que está agendada para o dia 7 de dezembro está aberta à participação de voluntários.

Naquele dia, o município de Seia irá plantar 3 mil árvores, na sua grande maioria medronheiros e sobreiros, em áreas florestais adjacentes às aldeias de Cide, Rodeado, Malhada de Cilhas e Coucedeira, na freguesia de Vide.
A autarquia refere em comunicado hoje enviado à agência Lusa que a iniciativa “pretende reconverter áreas ocupadas anteriormente com pinheiro bravo para povoamentos de medronheiro”.

“A reflorestação será efetuada na faixa de gestão de combustíveis adjacentes à rede viária e de proteção ao aglomerado populacional, tendo como objetivo primordial contrariar a situação de vulnerabilidade dos espaços rurais, visando a proteção das pessoas e dos seus bens”, lê-se.

De acordo com a fonte, as faixas que vão ser reflorestadas vão funcionar “como autênticos mosaicos de quebra de manchas florestais contínuas, contribuindo por si só para a descontinuidade florestal e para prevenção de incêndios severos”.

or outro lado, com a medida pretende-se “valorizar a agricultura familiar através da exploração do medronho, com o objetivo de melhorar as condições de vida, de trabalho e de produção dos pequenos agricultores” locais.
A ação de reflorestação a realizar no concelho de Seia é apoiada pelo Fundo Recomeçar da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, no âmbito do projeto “Floresta Resiliente – reconversão para medronhal das áreas florestais adjacentes às aldeias de Cide, Rodeado, Malhada de Cilhas e Coucedeira”, e pela Associação Nacional de Empresas Florestais e Agrícolas e do Ambiente (ANEFA), entidade que cedeu as árvores.

A Câmara Municipal de Seia disponibiliza a alimentação e o transporte dos participantes da povoação de Vide para as áreas onde vai decorrer a iniciativa de reflorestação.

O ponto de encontro dos participantes na ação está agendado para as 09:00 do dia 07 de dezembro, um sábado, junto à sede da Junta de Freguesia de Vide.

A organização sugere a utilização de vestuário adequado, sendo recomendado o uso de botas, agasalho impermeável e luvas de trabalho.