Antena Livre

Seia Jazz & Blues de 2 a 4 de julho este ano ao ar livre

O município de Seia vai organizar, nos dias 02, 03 e 04 de julho, mais uma edição do festival “Seia Jazz & Blues”, que vai decorrer ao ar livre e inclui cinco concertos.

“O emblemático festival ‘Seia Jazz & Blues’, que teve residência na Casa Municipal da Cultura durante 15 anos, arranca em 2021 ao ar livre e com novas datas, coincidindo com o feriado municipal da cidade”, refere a Câmara Municipal de Seia, no distrito da Guarda.

Segundo a fonte, a 16.ª edição do evento cultural “acontece em ambiência com a natureza, no coração da cidade”, no parque verde do Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE).

O novo formato do festival “combina música num cenário natural, o principal espaço arborizado da cidade, sonoridades para apreciar em família ou com amigos”.

De acordo com a organização, o festival começa no dia 02 de julho, uma sexta-feira, às 22:00, com um espetáculo do grupo Peter Storm & The Blues Society, que reúne “quatro experientes músicos do panorama dos Blues em Portugal”.
No dia 03 de julho, um sábado, dia do feriado municipal, o evento inclui, às 17:00, um concerto da Big Band EPSE, uma formação que tem uma presença habitual no festival.

No mesmo dia, pelas 22:00, sobe ao palco o grupo Jogo de Damas.

No último dia do festival, um domingo, 04 de julho, às 17:00, o cartaz inclui um espetáculo de “puro jazz”, protagonizado por Filipe Raposo e Rita Maria.

A organização anuncia “uma alquimia perfeita entre a liberdade interpretativa pelo piano de Filipe Raposo, que só a música improvisada permite, e a voz de Rita Maria”.

A edição de 2021 do festival ‘Seia Jazz & Blues’ termina pelas 22:00 com um concerto pelo Coletivo Gira Sol Azul, “um tributo ao artista internacional Sting”.

Os bilhetes para os espetáculos estão disponíveis na Ticketline e Casa Municipal da Cultura de Seia.
O “Seia Jazz & Blues” é uma iniciativa do município de Seia e conta com a parceria da Escola Profissional da Serra da Estrela, do Conservatório de Música de Seia, do Festival DME – Dias da Música Eletroacústica e da candidatura da Guarda Capital Europeia da Cultura – 2027.

A lotação está sujeita ao espaço onde decorrem os concertos, cumprindo todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde para eventos desta natureza, de acordo com a organização.