Antena Livre

ULS da Guarda limita visitas como medida de prevenção

A Unidade Local de Saúde da Guarda vai limitar as visitas aos doentes adultos a uma pessoa e a 30 minutos de duração, informou esta segunda-feira a administração hospitalar.

Esta é uma das medidas de prevenção de contágio por coronavírus adotadas nos hospitais Sousa Martins, na Guarda, e Nª Sra. da Assunção, em Seia. No primeiro caso o horário das visitas passa a ser das 14h30 às 15 horas e das 19 horas às 19h30. Em Seia, as visitas decorrem das 15h30 às 16 horas e das 20 horas às 20h30.

Nos serviços de Pediatria e Neonatologia apenas é permitida a entrada de pai e mãe, sem limitação de horário, e na Obstetrícia só pode entrar o pai ou acompanhante designado, das 12 às 20 horas.

Nos Cuidados Paliativos mantém-se a autorização de permanência do acompanhante de referência de cada doente, sem limitação de horário. A ULS avisa que antes e depois das visitas os visitante deverá desinfetar as mãos, acrescentando que poderá proibir a entrada de visitantes que «apresentem sintomas de infeção respiratória», como febre, tosse, expetoração e/ ou falta de ar.

Já os doentes estão interditos de sair dos quartos e de se deslocarem aos bares, quiosque e hall de entrada. Na área das c0nsultas externas só é permitido um acompanhante a menor ou pessoa «manifestamente dependente ou com doença em estado avançado». Os serviços administrativos terão ainda que facilitar o pagamento das taxas por via não presencial, facultando referências multibanco.

A ULS decidiu ainda interromper «temporariamente» a atividade de voluntariado e foram suspensas as visitas dos delegados de informação médica. Também os estágios clínicos dos estudantes de universidades, escolas superiores e profissionais estão suspensos.

Todas as ações de formação e reuniões foram igualmente canceladas, bem como a realização de eventos nas diferentes unidades da ULS guardense.